plano-de-aposentadoria
Aposentadoria

Por que você deveria ter um plano de aposentadoria complementar?

Tempo de leitura: 4 min

Entre as maiores preocupações dos brasileiros está a aposentadoria, considerando que existirá um certo momento em que viverão da renda dela. Nesse contexto, existem muitas dúvidas e incertezas, principalmente por não saberem se o valor recebido será o suficiente para manter uma boa qualidade de vida. Pensando nisso, contar com um plano de aposentadoria complementar pode ser uma boa ideia.

Trata-se de um tipo de previdência que engloba os planos de aposentadoria privada, e tem como finalidade complementar a previdência social, garantindo um futuro mais seguro.

Quer entender melhor como funciona e conhecer as vantagens de contar com uma aposentadoria complementar? Então continue sua leitura!

O que é a previdência privada e como funciona?

A previdência privada, conhecida como complementar, tem o objetivo de integrar a previdência pública. É um benefício opcional que propicia uma renda extra para o segurado no momento da aposentadoria.

No plano de aposentadoria complementar, os segurados devem realizar contribuições periódicas e o valor do benefício dependerá de quanto eles conseguirem acumular de patrimônio. É uma prática utilizada em qualquer outro investimento financeiro, no qual a quantia é investida para que a renda alcance a meta desejada no prazo de acumulação definido.

Eles dispõem de benefícios tributário que favorecem a aplicação em longo prazo, tornando-os bem atrativos para quem está juntando dinheiro para se sentir seguro durante a aposentadoria.

Existem basicamente dois tipos de previdência privada: os fechados e os abertos. Os primeiros são fornecidos pelas companhias aos seus funcionários e por entidades de classe a profissionais associados, enquanto o segundo é concedido por instituições financeiras a qualquer pessoa interessada. As espécies mais comuns são o PGBL e VGBL.

O PGBL é recomendado para quem realiza a declaração completa do Imposto de Renda, já que é possível o investidor deduzir o valor investido do imposto de renda a pagar ao longo do plano de previdência até o limite de 12% de sua renda bruta.

O VGBL é indicado para quem declara o imposto de renda de forma simplificada ou é isento, considerando que nesse caso não é possível abater os investimentos feitos no imposto de renda. Contudo, quando for resgatar o valor, pagará imposto somente sobre o valor dos rendimentos e não sobre o total acumulado.

Qual é a diferença da previdência privada e previdência social (pública)?

Como já foi dito, a previdência privada tem a finalidade de complementar a previdência pública e é opcional, proporcionando uma renda extra para o segurado na aposentadoria.

Já a previdência social é financiada pelos empregadores, colaboradores e pelo governo federal, que deve cobrir eventuais casos de insuficiência financeira do sistema. É formado por dois tipos: Regime Geral de Previdência Social (RGPS) e Regime Próprio de Previdência Social (RPPS).

Quais são as principais vantagens do plano de aposentadoria complementar?

O plano de aposentadoria complementar gera diversas vantagens para o investidor. Confira as principais:

  • facilidade na contratação e não incidência do Come-Cotas, recolhimento antecipado do IR no último dia útil de maio e novembro, como nos fundos de investimento ;
  •  permite contribuições regulares ou esporádicas ;
  • portabilidade, possibilitando trocar de estratégia de investimento sem a necessidade de efetuar o resgate, ou seja não incidirá imposto de renda para esta troca, considerando que pode migrar para outro plano de previdência, de forma rápida simples e prática;
  • sucessão patrimonial, pois na morte do titular todo o valor do resgate é transferido para as pessoas especificadas no contrato de previdência, de forma direta e sem a necessidade de um inventário;
  • incentivo à disciplina, já que as mensalidades podem ser feitas por meio de débito em conta ou boleto bancário e o participante receberá estes boletos todo mês, incentivando a disciplina;
  • rendimento mesmo com suspensão, considerando que o saldo de recursos acumulados continua rendendo ao investidor mesmo quando as contribuições regulares estiverem suspensas por motivo de alguma intercorrência que o participante possa ter.

Ter um plano de aposentadoria complementar é uma ótima alternativa para quem pretender realizar um investimento a longo prazo e manter uma aposentadoria mais tranquila. Então por que não pensar nessa possibilidade, não é mesmo?

Se você pretende começar uma previdência privada, entre em contato conosco, já que podemos realizar o planejamento adequado, além de oferecermos uma consulta grátis.