saúde financeira
Planejamento financeiro

Por que você deveria se importar mais com sua saúde financeira?

Tempo de leitura: 4 min

A saúde financeira é fundamental para as famílias. Quem está com as contas em dia não precisa recorrer a empréstimos, se livra das dívidas, garante um futuro tranquilo e ainda permite a realização dos sonhos.

Porém, não é fácil administrar o dinheiro e, principalmente, resistir aos vários estímulos da sociedade capitalista. Mas, fique tranquilo, porque neste post daremos quatro dicas para melhorar a sua relação com as finanças domésticas e explicaremos sobre as vantagens de contar com uma empresa especializada na gestão dos recursos. Vamos lá?

Como ter uma boa saúde financeira?

Talvez essa jornada seja difícil no começo, mas basta seguir alguns passos que você terá uma relação melhor com o dinheiro. Confira abaixo as dicas que separamos.

Faça o controle dos ganhos e dos gastos

O primeiro passo é fazer um planejamento adequado do seu dinheiro. Por isso, coloque em uma planilha ou em um aplicativo de finanças pessoais todas as suas receitas e os gastos.

Essa estratégia te ajuda a ver quais são as despesas que são possíveis de cortar ou reduzir. Além disso, fica fácil perceber se os gastos são maiores do que a renda ou se eles estão dentro dos limites.

Saia das dívidas

As dívidas são um pesadelo para várias pessoas. De acordo com a pesquisa feita pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) 61,2% das famílias brasileiras estão endividadas.

Para livrar-se desse problema, é importante estabelecer prioridades. Você pode iniciar pagando as despesas com juros maiores — como o cheque especial, empréstimos ou cartão de crédito. Dessa forma, evita-se o crescimento rápido das prestações.

Outra estratégia é priorizar as contas mais baratas, pois estará se livrando de uma dívida rapidamente, e essa ação pode te incentivar a pagar os compromissos faltantes.

Conte com uma reserva de emergência

Todos nós estamos sujeitos a diversos imprevistos. Nunca se sabe o que vai acontecer amanhã. Por isso, é fundamental contar com essa quantia para dar tranquilidade nesses momentos. Dessa forma, você não precisa pedir empréstimos ou usar o cheque especial, o que acabaria prejudicando a sua saúde financeira.

É recomendável que a sua reserva seja, ao menos, seis vezes superior aos gastos mensais. Coloque-as em um investimento de baixo risco e alta liquidez, pois poderá fazer o resgate do capital assim que precisar, sem maiores preocupações e riscos.

Caso não tenha esse valor, busque outras formas de renda — como motorista de aplicativos, trabalhos freelancers, empresas de marketing multinível, etc — com o objetivo de acelerar os seus objetivos de poupar.

Faça bons investimentos

De nada adianta guardar capital se não investir, pois, com o tempo, perderá poder de compra por causa da inflação. É muito importante procurar opções de investimentos que auxiliam o seu capital a ter maior rendimento.

Existem inúmeros tipos de investimentos, por isso, é fundamental escolher um ativo que esteja de acordo com os objetivos. Está disposto a correr riscos? Precisa do dinheiro agora ou pode deixar o capital aplicado por um tempo? Essas perguntas vão auxiliar a escolher o investimento que atende ao seu perfil.

Geralmente, os investimentos de alta liquidez e baixa volatilidade, são destinados aos investidores conservadores. Os Fundos DI ou Fundos de Renda Fixa (de baixa volatilidade) são destinados às pessoas que desejam alta liquidez, ou seja, precisam ter o dinheiro à disposição com o objetivo de fazer o resgate quando desejarem.

Por outro lado, as ações nas Bolsas de Valores são mais recomendadas aos investidores arrojados.

Como uma empresa especializada pode ajudar na saúde financeira?

As empresas especializadas em finanças pessoais oferecem soluções que vão te ajudar a ter uma relação mais tranquila com o dinheiro. Em primeiro lugar, os profissionais fazem um diagnóstico da sua situação financeira para oferecer os produtos que são adequados às suas necessidades.

Os serviços vão desde planos de aposentadoria, gestão de risco, análises de investimento e planejamento sucessório. Todos eles ajudam a você e sua família a terem um futuro tranquilo.

Gostou das dicas de como ter uma boa saúde financeira? Tem interesse de contar com um consultor para ajudar a administrar as finanças? Entre em contato conosco e conheça o que temos a oferecer a você.