Investimento

Onde investir para lucrar mais?

Tempo de leitura: 4 min

No mercado financeiro existe uma regra que diz que quanto mais diversificada é uma carteira de investimentos, mais rentável e mais segura ela poderá ser. Isso significa que para ter melhores resultados você precisa investir em mais produtos. Como o ano está começando, que tal buscar os melhores investimentos para 2019?

Sim, nós sabemos que essa não é uma tarefa fácil, mas é por isso mesmo que vamos ajudar. Neste texto listamos 5 investimentos que devem chamar sua atenção no decorrer do ano. Confira!

1. Fundos de investimentos

Os Fundos de Investimento são uma ótima opção para quem quer diversificar suas aplicações. Ele funciona como um condomínio de investimentos em que o investidor pode comprar cotas.

A liquidez (período que é preciso esperar para fazer o resgate do dinheiro) e a barreira de entrada (valor mínimo de investimento) dos Fundos de Investimentos são bem variados.

Assim, podemos encontrar aplicações mínimas que vão de R$ 1.000,00 a R$ 10.000,00. Com relação à liquidez, existem produtos com resgate diário, mensal, trimestral etc. Além disso, outro fator a ter atenção nos Fundos é a taxa de administração praticada — normalmente ela gira em torno de 5%, mas pode variar.

As duas grandes vantagens dessa aplicação são:

  • ao comprar cotas, o investidor conta com a expertise de um gestor que tem experiência no mercado de capitais;
  • ao participar de um fundo, o investidor adquire vários produtos sem a necessidade de comprá-los individualmente.

2. LCI ou LCA

As Letras de Crédito Imobiliário ou do Agronegócio (LCI ou LCA) são outra opção de investimento de renda fixa interessante para o ano de 2019. A grande vantagem desse produto é que o investidor não paga nenhuma alíquota de Imposto de Renda (IR).

Entretanto, existem alguns pontos que precisam ser mencionados antes que você decida investir em LCI ou LCA. Em primeiro lugar, o resgate do investimento só pode ser feito no vencimento, podendo variar de dois a cinco anos.

Outra questão importante é que a aplicação mínima em LCI ou LCA é de R$ 5.000,00. Às vezes encontramos produtos com barreira de entrada menor (de R$ 1.000,00 a R$ 3.000,00), mas isso é uma exceção, não a regra.

3. CDB

Os CDBs (Certificado de Depósito Bancário) são investimentos de renda fixa em que o investidor faz um empréstimo aos bancos e lucra com os juros dessa operação. Diferente dos LCIs e LCAs, os CDBs oferecem muitas opções que variam tanto em barreira de entrada quanto em liquidez, mas existe incidência de alíquota de IR.

Com relação à liquidez, podemos encontrar produtos que vão do resgate diário ao período do vencimento. Quanto à barreira de entrada, os produtos mais comuns ficam nos R$ 5.000,00, mas é fácil encontrar opções de R$ 1.000,00.

4. Letras de Câmbio

As Letras de Câmbio (LC) são títulos emitidos por instituições financeiras e estão catalogados na categoria de renda fixa. Elas oferecem baixa liquidez, sendo possível resgatar as LCs apenas em seu vencimento.

Essa aplicação funciona exatamente como um CDB e suas datas de vencimento variam de um a cinco anos. Apesar de existirem exceções, quanto menor é a liquidez da aplicação, maior é sua rentabilidade, ou seja, as aplicações de cinco anos provavelmente vão chamar mais a atenção dos investidores.

5. Debêntures

Debêntures são títulos de dívida emitidos por empresas privadas. Por serem um investimento mais arriscado (diferentemente dos demais investimentos aqui tratados, os Debêntures não têm a cobertura do Fundo Garantidor de Crédito), sua rentabilidade tende a ser mais elevada.

Somado a isso, é esperado um crescimento econômico no Brasil no ano de 2019, isso significa que as empresas devem emitir mais Debêntures no futuro e a disponibilidade deles aumentará. E assim valerá a regra da oferta e demanda: a rentabilidade desse investimento deverá aumentar nos próximos meses.

No meio de tantos produtos aparentemente bons, é fácil se equivocar e perder rentabilidade. Por isso é fundamental que, antes de escolher seus investimentos para 2019, você contrate a assessoria de uma empresa com experiência no mercado financeiro, garantindo, assim, que está fazendo a compra dos melhores produtos.

Já escolheu algum produto para investir este ano? Então deixe um comentário falando sobre essa decisão!