educador financeiro
Planejamento financeiro

Educador financeiro? O que ele faz? Conheça mitos e verdades

Tempo de leitura: 4 min

Mesmo que o cenário econômico nacional comece a demonstrar indícios de estabilidade, ainda há incertezas relacionadas a questões como controle de inflação e índice de desemprego. Diante disso, muitas pessoas buscam incessantemente por novas formas de renda para atingir a tão sonhada liberdade financeira através de investimentos e de um educador financeiro.

Porém, o que poucas sabem é que isso não se trata apenas de possuir ganhos exorbitantes, mas de saber organizar e controlar a saúde das suas finanças. Nesse contexto, uma profissão que tem recebido cada vez mais destaque é a de educador financeiro.

Ao contrário do que pode parecer, não se trata de um consultor de investimentos que apenas vai orientar sobre como aplicar o seu dinheiro, mas de alguém que vai instruir seus clientes a planejar e poupar a partir de uma mudança de hábitos, sem gerar dores de cabeça com muitos cálculos. Continue a leitura deste artigo e entenda como é a atuação desse profissional:

Saiba o que faz um educador financeiro

A maior diferença entre um educador financeiro e um consultor é que, enquanto o segundo está mais relacionado a números e investimentos, o primeiro busca mudanças comportamentais, que também serão utilizadas no momento de fazer aplicações que vão otimizar seus ganhos além da poupança.

O educador financeiro pode atuar por meio de palestras, cursos, atendimentos individuais ou coletivos em escolas e empresas e tem o objetivo de auxiliar seus clientes a desenvolver:

  • planejamento financeiro: analisar os detalhes das finanças, como a renda e o fluxo de despesas;
  • gestão de riscos: checar quais são os perigos que rodeiam as famílias e propor soluções para diminuí-los;
  • análise de investimentos: comparar e indicar os produtos financeiros mais adequados para o perfil de cada cliente;
  • planejamento de aposentadoria: definir um plano para que o cliente saiba qual é o padrão de vida desejado quando chegar o momento de parar de trabalhar e qual é o capital necessário para alcançá-lo;
  • planejamento sucessório: buscar métodos de agilizar a transmissão dos bens acumulados aos seus herdeiros e formas de diminuir os custos tributários relacionados a isso.

Conheça mitos e verdades sobre educação financeira

Será que tudo o que se diz por aí sobre educação financeira é verdade? Confira:

“Educação financeira é só para quem já tem muito dinheiro”

Esse é um grande mito. Como já mencionamos, uma saúde financeira depende mais de hábitos do que de acúmulo de capital. Portanto, pode ser praticada por todos.

educador financeiro

“Fuja do cartão de crédito”

Outra lenda repetida por muitas pessoas. Se for usado com consciência, ele pode ser um grande aliado no controle das contas. Mas é importante estar atento aos prazos de vencimento e ao pagamento total da fatura, pois são os juros decorrentes de atrasos que podem se transformar em uma verdadeira bola de neve.

“Contratar um empréstimo é sempre ruim”

Mais um mito. Há casos em que ele pode ajudar a diminuir as suas despesas. Por exemplo, se você tiver uma dívida com juros muito altos, pedir um empréstimo que tenha uma taxa de juros menor ajudará a reduzir esse débito. Entretanto, é sempre necessário avaliar quais são os valores praticados pelas instituições antes de assinar qualquer contrato.

“Educação financeira ajuda a diminuir as dívidas”

Eis uma verdade. Além do caso mencionado do empréstimo, se você sabe quais são os riscos que rondam sua vida financeira e se conhece as melhores formas de organizar seu orçamento mensal, além de como investir e obter os melhores rendimentos, é bastante provável que consiga estabilizar suas finanças.

Como você pôde perceber, um educador financeiro está muito mais ligado à mudança de hábitos do que a cálculos mirabolantes. Esse profissional pode ajudar a organizar suas finanças, diminuir dívidas, encontrar as melhores formas de aumentar o seu patrimônio, além de diminuir os riscos que estão a sua volta e planejar a liberdade financeira da sua aposentadoria.

Se você quer ajuda para fazer seu planejamento financeiro, analisar os melhores investimentos para o seu perfil e programar a sua aposentadoria, entre em contato com a Akiva!