Planejamento financeiro

Conheça 3 etapas fundamentais de um planejamento financeiro

Tempo de leitura: 3 min

Controlar a gestão dos recursos é essencial para alcançar sonhos e objetivos. Para manter-se seguro e garantir uma estabilidade, é importante entender as etapas de um planejamento financeiro e como ele funciona. Por meio dele, é possível projetar a vida financeira para curto, médio e longo prazo, por esse motivo, adotar essa prática é essencial.

Trata-se de um trabalho realizado em fases distintas, que são extremamente relevantes para a elaboração do mapeamento da realidade do indivíduo, a análise das alternativas disponíveis para cada tipo de pessoa e as soluções adequadas para as mesmas.

Quer conhecer melhor o que é o planejamento financeiro e quais as suas etapas? Então, continue sua leitura!

1. Diagnóstico

Na primeira etapa, o profissional vai mapear a situação atual do cliente, avaliando em quais situações o planejamento será trabalhado. É a identificação da realidade por meio da análise de pontos importantes, como rendimentos, patrimônio, economia e alinhamento de suas metas.

Nessa fase, além de conhecer a vida do cliente, o responsável pelo planejamento analisará suas expectativas e reunirá informações para criar um plano de ação. Por esse motivo, não basta averiguar o saldo bancário e os gastos do indivíduo ou família, já que é primordial descobrir as prioridades e os propósitos a serem atingidos. Nesse diagnóstico podem ser englobados:

  • análise do patrimônio, por exemplo, imóveis;
  • fluxo de caixa, ou seja, quanto se ganha, valor gasto e quanto é poupado;
  • administração das dívidas;
  • situação acadêmica, como os planos relativos à educação;
  • nível de satisfação com a carreira;
  • planos de previdência, entre outros aspectos.

2. Implementação

Nessa hora, ocorrerá a aplicação das estratégias definidas após o diagnóstico, utilizando a melhor solução para o cliente. A finalidade da implementação é a prática de hábitos eficazes e precisos que vão auxiliar na tomada de decisões, além de buscar o melhor retorno financeiro.

3. Acompanhamento

Essa etapa inclui a averiguação dos resultados adquiridos com a implementação da ação financeira e o seu andamento diário. O planejamento financeiro não deve ser considerado um evento isolado, mas sim um procedimento constante, tendo em vista que a situação econômica e os objetivos pessoais e profissionais podem mudar ao longo do tempo.

Dessa forma, acompanhar com frequência é fundamental para adequar o plano financeiro à realidade e atender todas as necessidades de cada um dos clientes.

Contar com uma empresa especializada é essencial para ajudá-lo a fazer os melhores investimentos. Afinal, um profissional capacitado e experiente vai atender com foco no que você precisa, buscando o melhor custo-benefício para que a mudança de rotina não gere muitos impactos nas finanças, por meio de um atendimento particular e customizado, conforme o que realmente necessita.

Conseguiu entender a importância das etapas de um planejamento financeiro? Planejar-se é essencial para quem busca o alcance de metas definidas e prevenção de imprevistos que podem acontecer com qualquer pessoa. Além disso, lembre-se de que para atingir bons resultados é preciso contar com uma empresa confiável, conceituada e que tenha comprometimento com as demandas do cliente.

Gostou deste texto? Então, aproveite sua visita ao blog e leia o artigo com as 5 melhores dicas de finanças pessoais e saiba mais sobre o assunto!